Jornalistas, Admnistradores e o Domínio nas Redes Sociais


Regiões de Aprendizagem fluem através do ar… Esse é o nosso momento, a nossa vida.

Movidas pelas redes sociais, essas regiões não podem ser dominadas. Nem o capital as domina, antes propicia locais para que se apresentem, durante algum tempo.

Métodos de mapeamento, reconhecimento de padrões gerais, bancos de dados são efêmeros. O que podem revelar já assumiu novas configurações. O que podemos extrair é o momento, uma informação em um dado período histórico. Não há garantias a mais.

É assim que o conhecimento se multiplica e nos contamina, nos dias atuais. Não há como controlar o know-how, respirar é aprender.

Campus Party é uma festa sem controle. As regras já forma subvertidas em uma ordem a favor dos que participam. Crachás trocados, computadores trocados, negociações paralelas, conversações.

Mas essa é a ação das redes sociais na festa…criar, demandar, agir. Os administradores que, tentaram o domínio da multidão fracassaram no primeiro dia, por outro lado, os jornalistas que queriam o domínio da palavra sobre o evento, fracassaram a partir do momento em que o primeiro participante conectou a sua máquina na rede, no andar de cima do pavilhão da bienal…

Redes sociais não podem ser dominadas, pois são elas quem dominam.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s